26 outubro 2012

Desabafo - Preconceito com o Nordeste

Oi Gente.

É com um interior indignado que eu venho postar esse pequeno texto para vocês. Não sei se são da mesma opinião, porém eu vi e li coisas muito desagradáveis no Facebook e Twitter. Não poderia deixar passar em branco, por isso escrevi tais palavras.

DESABAFO
Acho muito engraçado como as pessoas se acham no direito de falar mal do Nordeste em redes sociais. Sabe... É revoltante ler coisas tão absurdas e preconceituosas de pessoas que nunca sequer visitaram o lugar e insistem em tratar 
os moradores como pobre sertanejos desaculturados que merecem apenas desprezo e deboche.

O que tais pessoas pensam que são com os seus "reis" na barriga e falta de educação. Não respeitam a cultura alheia e ainda se dizem intelectuais só por morarem em um lugar (tradicionalmente pelo menos) economicamente mais desenvolvido.
Nós nordestinos somos privilégiados por termos tanta beleza ao nosso redor. Fomos abençoados com um céu mais azul e um mar que nos enche os olhos. Agradecemos a Deus por isso! Admiro meu povo por tantas lutas vencidas e acima de tudo a conquista de tudo o que temos hoje. O Nordeste sofre dos mesmos problemas que todas as partes do Brasil: Violência, drogas, abuso, corrupção... Somos vítimas de poderosos também. No que somos diferentes?
Temos muito mais a oferecer do que muitos esperam e acham. Por isso pensem duas vezes antes de humilhar-nos por causa de nossa cultura, sim temos cultura e a valorizamos muito mais do que muitos de vocês. Não nos ridicularizem por nosso sotaque, pois o de você também nos parece estranho as vezes mas não nos ocupamos em expor tal coisa como se fosse um defeito ou doença. Somos inteligentes e não burros como muitos de vocês queridos fidalgos se acham por natureza.
SOU NORDESTINA E TENHO ORGULHO. E VOCÊS? TEM ORGULHO DE SUA PROVENIÊNCIA, OU NECESSITAM DESPREZAR E REBAIXAR OS OUTROS POR SEREM DIFERENTES E SE ORGULHAREM DE QUEM SÃO?
#PenseNisso


Luana Melo

"O SERTANEJO é antes de TUDO um FORTE."
-Euclides da Cunha

Sintam-se a vontade para comentar. Beijos*

18 comentários:

  1. Olá, Lu!!

    Não ligue para os acéfalos do mundo virtual, são todos ignorantes, dá até pena que pessoas assim percam seu tempo "criticando" outras culturas e regiões do próprio país. Realmente, não se deve levar a sério tais comentários. São pessoas alienadas, que não entendem de história e nem política, acho que até nem sabem que o Brasil nasceu no Nordeste, se perguntarem para esses tais qual foi a primeira capítal do país não vou estranhar se responderem que foi Brasília...

    Deixem falarem, todos pagam impostos e todos sofrem das mesmas masélas sociais e culturais... e são esses que atrasam nosso país..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo Lah! É um absurdo que as pessoas não percebam que continuam sendo iguais independente de onde morem.
      Beijos*

      Excluir
  2. Sei bem como é isso Lua, eu sou Nortista, e passo por quase isso também, o preconceito não vem só do povo virtual, mas com certos detalhes a gente vê que nos menosprezam. Mas como a Laisa falou, dá pena de pessoas assim, não ligue, o que importa é que quem te conhece sabe que você é uma pessoa maravilhosa independente de culturas.

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma pena que eles percam tempo com tal coisa não é?
      Beijos Keh!

      Excluir
  3. Luana, como cearense cheia de orgulho da minha terra e da minha região, compreendo sua indignação. Também não fico calada se falam do meu Nordeste, do meu Ceará e essa indignação se amplia. Sou contra um brasileiro falar mal de outro brasileiro, baseado unicamente na diferença cultural, de sotaque ou de cidade onde mora. Gente, que atraso!!! Somos um só povo, uma única nação... É muita uma pobreza intelectual, fruto de falta de educação doméstica, porque o preconceito se transmite.
    Estamos longe de caminhar como Jesus nos ensinou: amando e respeitando o próximo.
    Mas sigamos fortes e valentes, como todo nordestino, e mais ainda, resistentes como todo brasileiro. Essa intolerância um dia ainda há de acabar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Manu!
      Vamos usar nossa força e coragem para vencer esse preconceito estúpido.
      Beijos*

      Excluir
  4. menina eu vi isso dos tweets no facebook
    u-u fiquei com muita raiva
    como existe gente idiota no mundo né

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é Alice? E como existem...
      Beijos*

      Excluir
  5. Sou nordestina tambem. Não sofremos preconceitos só na internet sofremos na vida real mesmo. Fui morar no interior de São Paulo em 2006 +/- e no começo sofri preconceitos, pela minha cultura, meu modo de falar. Isso na escola e só pararm quando a professora de geografia deu um fora neles. Mas depois não sofre mais isso. Mas no começo foi dificil e isso é revoltante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que acabou dando tudo certo Sol.
      As atitudes são absurdas mesmo...
      Abraço!

      Excluir
  6. Oi Luana.
    Não cheguei a ver isso mas entendo a situação.Não sou do Nordeste mas percebo o quanto vocês sofrem preconceitos, mas sabe vocês não são os únicos! O Preconceito está em todo lugar, aqui em São Paulo por exemplo, já presenciei e até sofri alguns, seja pelo meu sotaque ou até por simplesmente ser de determinada região ou classe social. Porém creio que depende muito da educação e o do modo de ver a vida, sabe? Estudei e tenho amizade com muitos Nordestinos que não passaram situações revoltantes aqui, inclusive tenho uma amiga que foi muito bem tratada pela minha turma assim que entrou nela, todos a trataram com respeito e principalmente com curiosidade por ser de outro estado.
    Enfim não se preocupe ou se importe com estas pessoas ignorantes que não respeitam o próximo, são eles quem perdem.
    Beijinhos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade Aline.
      Quanto mais o tempo passa, nós vemos mais desrespeito com próximo em nosso país.
      Beijos*

      Excluir
  7. São paulo já passou vários dias sem luz porque houve um apagão, agora se aqui faltar energia por 1 noite eles fica falando merda, mas quando foi lá ninguem disse nada, agora só porque é aqui nos somos descriminados e sofremos bulling.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade!
      É por isso que temos que lutar com as armas que temos. Redes sociais por exemplo pra denunciar essa injustiça!
      Obrigada pelo comentário!

      Excluir
  8. Sou nordestino, paraibano, minha pele é parda, tenho sotaque muito acentuado (minha voz é arrastada demais). Já sofri discriminações de todo tipo, mas sempre tentei levar na esportiva. A Paraíba, que é meu estado natal, talvez seja o maior estereótipo pra discriminações regionais no Brasil (o engraçado é que não sou um baixinho, não tenho cara de bolacha nem cabeça chata, não sou subnutrido como o pessoal por aí pensa. Alguns tomavam até um susto quando me viam, pois achavam que minha aparência ia ser bem diferente... rsrsrs...), e acho isso terrível, mas o jeito é levar na esportiva e se defender quando preciso.
    O Nordeste tem tanta coisa bonita que essa gente que discrimina nem faz ideia. É uma pena, pois criticar uma coisa que você não conhece é uma atitude muito primitiva, não é algo civilizado.
    Acho assim: se alguém de outra região do Brasil vier aqui ao Nordeste e não gostar, tudo bem, vai ter bases pra criticar alguma coisa, desde que o faça sem diminuir a região (afinal, a pessoa vem aqui porque quer, ninguém aqui a está convidando a vir). Mas criticar sem vir aqui antes (a maior parte desses paulistas patricinhos não conhece o Nordeste nem por fotos) é uma atitude muito primal, não compatível com atitude de gente civilizada. O mesmo vale pros nordestinos que não conhecem o Sudeste ou outras regiões do país; não critique qualquer lugar sem antes ter ido lá pra saber como o lugar é, e como as pessoas de lá são. Qualquer um que critica por criticar, sem conhecer a realidade de um lugar, é uma pessoa que na verdade não tem tanta instrução assim, e que tem grande tendência a se basear apenas na opinião dos que estão ao seu redor. E isso significa burrice, pois um jumento só consegue ficar nas mesmas posições que os outros jumentos ficam, só comem do mesmo jeito dos outros jumentos, só dormem do mesmo jeito dos outros jumentos, só sabem correr ou empacar do mesmo jeito dos outros jumentos, etecétera e etecétera...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Muito obrigada pelo comentário que reforçou o pequeno texto!
      Concordo com tudo isso e mais um pouco. É tudo puro preconceito irracional!

      Excluir
  9. O preconceito ao norte e nordeste. É o racismo tentando se manifestar em uma nova forma! !!

    ResponderExcluir

Olá!
Deixe aqui a sua opinião sobre a postagem e sobre o blog!
Peço que não usem de palavras obscenas.
Obrigada por comentar!Bom Pensamento!!!
Voltem Sempre*

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...